Agenda

Calendário de Eventos

AGENDA DE EVENTOS

  • SHOP SENEPOL RAÇA FORTE EMBRIÕES
    De 17/08/2018 12:00 Horas
    à 16/08/2020 20:00 Horas
    CATÁLOGO ONLINE
  • TOP SÊMEN ONLINE
    De 21/10/2018 08:00 Horas
    à 21/10/2021 20:00 Horas
    CATÁLOGO ONLINE
  • VENDA DIRETA FÊMEAS SENEPOL - 2019
    De 14/03/2019 17:30 Horas
    à 15/05/2019 20:00 Horas
    CATÁLOGO ONLINE
  • 4º TROQUE O TOURO E AUMENTE SEU LUCRO
    De 22/03/2019 16:00 Horas
    à 15/03/2020 20:00 Horas
    CATÁLOGO ONLINE
  • SHOP TOP SENEPOL OÁSIS
    De 29/03/2019 11:30 Horas
    à 30/04/2019 20:00 Horas
    CATÁLOGO ONLINE

ATUALIDADES

  • BEZERRO - MS : R$ 1.158,64 / CABEÇA
  • BEZERRO - SP : R$ 1.168,24 / CABEÇA
  • BOI GORDO : R$ 145,20 / @
  • LEITE : R$ 1,1035 / LITRO
  • FRANGO CONGELADO : R$ 3,42 / KG
  • FRANGO RESFRIADO : R$ 3,44 / KG
  • ALGODÃO : ¢R$ 282,55 / LP
  • ARROZ : R$ 36,24 / SC DE 50KG
  • CAFÉ ARÁBICA : R$ 444,62 / SC DE 60KG
  • CAFÉ ROBUSTA : R$ 318,57 / SC DE 60KG
  • CITROS : R$ 20,10 / CX DE 40,8KG
  • MANDIOCA : R$ 653,79 / T
  • MILHO : R$ 32,57 / SC DE 60KG
Fonte: ESALQ/BM&F
PREVISÃO METEREOLÓGICA
Fonte: climatempo
  • Ler Matéria

    AÇÚCAR: Valor do cristal é o mais baixo das duas últimas entressafras

    30/01/2018 - 09:24
    A média do Indicador do Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ (cor Icumsa de 130 até 180) neste mês (até o dia 29), de R$ 61,39/saca de 50 kg, é a menor das últimas duas entressafras. Em janeiro do ano passado, a média foi de R$ 87,27/saca, e em janeiro de 2016, de R$ 88,01/saca. Os atuais preços, porém, superam os de janeiro/15, quando a média do Indicador Cepea era de R$ 59,89/saca de 50 kgtodos os valores foram deflacionados pelo IGP-DI, base dezembro/17
  • Ler Matéria

    LEITE: Na tentativa de recuperar margens, indústria eleva preço do UHT

    30/01/2018 - 09:20
    O preço do leite UHT negociado no mercado atacadista de São Paulo entre 22 e 26 de janeiro registrou alta de 1,72% frente ao da semana anterior, fechando com média de R$ 1,91 por litro. O valor do queijo muçarela, por sua vez, subiu 0,22% na mesma comparação, para R$ 14,32 por quilo. Conforme agentes do setor consultados pelo Cepea, essas valorizações não refletem um aumento da demanda, mas a tentativa da indústria de estabilizar o mercado e recuperar a margem perdida frente aos custos de produção
  • Ler Matéria

    ETANOL: Após 18 semanas em alta, Indicador do hidratado recua

    30/01/2018 - 09:19
    Depois de subir por 18 semanas seguidas, o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado para o estado de São Paulo caiu na semana passada, devido, principalmente, ao enfraquecimento da demanda. Entre 22 e 26 de janeiro, o Indicador CEPEA/ESALQ foi de R$ 1,8395/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins), recuo de 0,84% frente ao da semana anterior. Conforme colaboradores do Cepea, distribuidoras têm comprado apenas de forma pontual, por estarem relativamente abastecidas
  • Ler Matéria

    TRIGO: Maior demanda de moinhos impulsiona preço do grão

    30/01/2018 - 09:17
    As vendas de produtos derivados do trigo aumentaram um pouco em dezembro. Com isso, alguns moinhos consultados pelo Cepea mostram necessidade de repor estoques de farinhas, se voltando às aquisições da matéria-prima. Essa ação, no entanto, não foi generalizada, uma vez que parte dos moinhos tem trigo para receber de contratos realizados anteriormente
  • Ler Matéria

    MANDIOCA: Colheita avança, mas oferta ainda é considerada baixa

    29/01/2018 - 10:10
    Apesar do volume de chuvas ter sido menor em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea, possibilitando o avanço da colheita, a oferta ficou abaixo do esperado, devido à baixa disponibilidade de raízes de 1 ciclo e meio ou superior. Ao mesmo tempo, parte dos mandiocultores não demonstra interesse pela entrega de raízes mais novas, devido às baixas produtividades agrícola e industrial. Outros produtores, por sua vez, priorizam os tratos culturais
  • Ler Matéria

    MELANCIA: Baixa oferta eleva preços da fruta

    29/01/2018 - 10:08
    Ainda com baixa oferta, a melancia da região de Teixeira de Freitas (BA) se valorizou entre 22 e 26 de janeiro. Com a maior parte dos produtores aguardando o início de novas roças em fevereiro, a semana foi de colheita em apenas algumas lavouras. Para fevereiro, a expectativa é de disponibilidade considerável na região, com envios para os principais centros de comercialização
  • Ler Matéria

    MILHO: Disponibilidade segue limitada no mercado paulista

    29/01/2018 - 10:04
    A oferta de milho no mercado paulista está restrita, visto que o volume colhido ainda é pequenoem alguns casos, o cereal ainda apresenta alta teor de umidade. Compradores desse estado consultados pelo Cepea continuam optando por negociar pequenos lotes, enquanto vendedores capitalizados seguem concentrados na colheita. Entre 19 e 26 de janeiro, o Indicador do milho ESALQ/BM&FBovespa, Campinas (SP), subiu 0,74%, indo a R$ 32,57/saca de 60 kg nessa sexta-feira, 26
  • Ler Matéria

    SOJA: Chuvas em algumas regiões aliviam produtores

    29/01/2018 - 10:03
    Nos últimos dias, as recentes chuvas no Sul do Brasil aliviaram produtores, que já se preocupavam com a baixa umidade do solo. Em parte de São Paulo, por outro lado, as precipitações deram tréguas, porém a colheita deve ser intensificada apenas na segunda quinzena de fevereiro. Em Goiás e Minas Gerais, por sua vez, as chuvas têm beneficiado as lavouras
  • Ler Matéria

    OVOS: Poder de compra de avicultores se reduz frente aos principais insumos

    26/01/2018 - 08:40
    O poder de compra de avicultores frente aos principais insumos da atividade (milho e farelo de soja) tem diminuído em janeiro em relação ao observado em dezembro. Segundo pesquisadores do Cepea, ainda que os preços do cereal e do derivado de soja estejam em queda, o movimento de baixa nos valores dos ovos tem sido mais intenso. Nesse cenário, em janeiro, o avicultor paulista consegue adquirir 116,70 quilos de milho com a venda de uma caixa com 30 dúzias do ovo tipo extra branco, 16% menos que o observado em dezembro de 2017, de acordo com dados do Cepea
  • Ler Matéria

    CITROS: Oferta de laranja deve seguir elevada em fevereiro

    26/01/2018 - 08:39
    A oferta de laranja deve continuar elevada em fevereiro, especialmente nas primeiras semanas, devido à disponibilidade ainda firme de frutas tardias (principalmente da variedade natal) e à intensificação da colheita de temporãs (nesta segunda quinzena de janeiro). Neste cenário, pesquisadores do Cepea indicam que os preços da fruta não devem atingir os elevados valores registrados no mesmo período do ano passado. No correr de janeiro, a maior oferta, principalmente de frutas com qualidade inferior à demandada pelo mercado de mesa (devido às chuvas que têm atingido São Paulo desde dezembro), impediu uma reação mais expressiva dos p
  • Ler Matéria

    FRANGO: Vivo se desvaloriza 3,3% na semana

    26/01/2018 - 08:38
    A baixa liquidez registrada no atacado de carne desde o final de dezembro tem refletido no mercado de animal vivo nesta segunda quinzena de janeiro. Segundo indicam pesquisadores do Cepea, nas primeiras semanas deste mês, enquanto os preços da carne recuavam com mais intensidade, os do animal vivo estavam relativamente mais firmes, chegando, até mesmo, a registrar altas pontuais. De 18 a 25 de janeiro, contudo, a fraca demanda por carne e a consequente redução no número de abate por parte de alguns frigoríficos resultaram na menor liquidez do mercado de animal vivo
  • Ler Matéria

    SUÍNOS: Menor demanda segue pressionando cotações

    25/01/2018 - 09:26
    As cotações de praticamente todos os produtos suínos acompanhados pelo Cepea caíram nestes últimos dias, pressionadas pela menor demanda, que persiste desde dezembro, e também pelo ritmo lento de embarques neste início de ano. No atacado da Grande São Paulo, entre 17 e 24 de janeiro, a carcaça comum se desvalorizou 4,3%, passando a R$ 5,51/kg na quarta-feira, 24. A carcaça especial, na mesma região, passou para R$ 5,86/kg no dia 24, queda de 3,1%
  • Ler Matéria

    MELÃO: Com volume interno elevado, cotações caem

    25/01/2018 - 09:25
    Os preços do melão pele de sapo caíram nas regiões produtoras acompanhadas pelo Cepea. Esse cenário se deve ao elevado volume da variedade e à queda nos envios para a Europa, que resultaram em excedentes no mercado interno. A comercialização, por sua vez, deve continuar restrita nas próximas semanas
  • Ler Matéria

    BOI: Negócios envolvem apenas pequenos lotes; preços caem 1,5%

    25/01/2018 - 09:23
    Com os preços da carne em queda, frigoríficos tentam ofertar valores menores aos pecuaristas para a compra de animais para abate. Ainda que, de modo geral, a oferta de bois prontos seja considerada limitada, alguns pequenos lotes têm sido negociados, pressionando as médias da arroba nos últimos dias. A frequência menor das efetivações de lotes maiores, que geralmente ocorrem nos preços mais altos, também têm influenciado as oscilações
  • Ler Matéria

    MAÇÃ: Preços da safra 2017/18 devem ser maiores que os da temporada passada

    24/01/2018 - 10:19
    Os preços da maçã da safra 2017/18 devem ser mais elevados frente à temporada anterior, devido à recuperação da economia, à redução do volume e à melhor qualidade das frutas. O cenário de recuperação pode ajudar a cobrir com os prejuízos da temporada passada, que dependem, também, dos custos de produção. Com a aproximação da colheita da safra 2017/18, produtores têm comercializado os últimos lotes em estoque
  • Ler Matéria

    ARROZ: Vendedor ativo e indústria recuada pressionam cotação

    24/01/2018 - 10:17
    Com as intenções de venda maiores que o interesse de compra, o arroz em casca no Rio Grande do Sul tem se desvalorizado. Indústrias demonstram baixo interesse por novas aquisições, dando preferência para o arroz depositado em seus armazéns. Do lado vendedor, por sua vez, com a necessidade de cumprir com pagamentos de safra, alguns produtores disponibilizaram lotes, movimentando o mercado
  • Ler Matéria

    ALGODÃO: Ritmo de alta é limitado por cautela de compradores

    24/01/2018 - 10:16
    As cotações do algodão em pluma seguem em alta, mas em menor intensidade em comparação à primeira quinzena do mês. Mesmo diante da necessidade de repor estoques, compradores estão mais cautelosos em aumentar os valores de aquisição. Vendedores, por sua vez, estão mais ativos e firmes nos preços de negociação
  • Ler Matéria

    CAFÉ: Clima pode ajudar a elevar produção 18/19 em até 30% frente à safra atual

    24/01/2018 - 10:12
    A expectativa de parte dos agentes consultados pelo Cepea é que a safra 2018/19 seja volumosa. Isso porque a produção brasileira de café (arábica e robusta) pode atingir entre 54,44 e 58,51 milhões de sacas de 60 kg, o que seria de 21,1% a 30,1% superior à temporada atual (2017/18), de acordo com estimativas da Conab. A maior safra estaria atrelada à bienalidade positiva dos cafezais de arábica e à recuperação da produção do robusta, por conta do clima favorável, segundo a Conab
  • Ler Matéria

    Desempenho comercial surpreende em 2017

    24/01/2018 - 09:26
    Ao contrário do que se esperava, o ano de 2017 fechou com balanço positivo no comércio internacional, tanto para o Brasil, como no contexto global. Nos primeiros meses do ano prevaleceu uma crise de confiança quanto ao desempenho do comércio internacional, particularmente em função da ênfase ao protecionismo nos Estados Unidos e em alguns países da Europa. O voto favorável ao Brexit no Reino Unido, a eleição de Trump nos Estados Unidos, e o ressurgimento da extrema direita em países como a França, Alemanha e Áustria expressaram a necessidade de promover maior integração econômica e social pelas lideranças
  • Ler Matéria

    BATATA: Chuvas prejudicam disponibilidade no Sul do País

    23/01/2018 - 10:04
    As chuvas que atingiram o Sul do País, principalmente as praças de Guarapuava (PR) e Água Doce (SC), prejudicaram a oferta de batata padrão ágata, cenário que impulsionou os preços. Entre 15 e 19 de janeiro, as cotações subiram 21,4%, fechando a R$ 78,00/sc de 50 kg no dia 19. A expectativa para as próximas semanas ainda é de precipitações em regiões em atividade, o que pode prejudicar novamente a colheita e reduzir a oferta
  • Ler Matéria

    ETANOL: Preço do hidratado se eleva pela 18ª semana consecutiva

    23/01/2018 - 10:03
    O preço do etanol hidratado registra alta pela 18ª semana consecutiva no estado de São Paulo. Distribuidoras anteciparam os negócios nas primeiras semanas de janeiro e, agora, mostram menor interesse de compra, o que arrefeceu o ritmo de alta nos valores do biocombustível. Os repasses dos aumentos nas cotações nos últimos meses no segmento varejista fizeram com que o etanol hidratado perdesse a competitividade frente à gasolina C, o que também influenciou o menor interesse das distribuidoras
  • Ler Matéria

    AÇÚCAR: Indicador cai fortes 5,5% na semana

    23/01/2018 - 10:01
    Apesar do período de entressafra da safra 2017/18, a disponibilidade de açúcar disponível no spot tem sido suficiente para atender à demanda, mesmo que boa parte do produto tenha sido comprometida por meio de contratos. Assim, usinas continuam flexíveis nos valores de venda, cedendo à pressão baixista de compradores. Além disso, os preços do açúcar demerara na Bolsa de Nova York (ICE Futures) também têm caído desde o início deste mês, influenciando o comportamento das cotações do cristal no mercado doméstico
  • Ler Matéria

    TRIGO: Preços se elevam no Sul, mas registram queda no Sudeste

    23/01/2018 - 09:52
    Os preços de trigo no Brasil registram comportamentos distintos entre as regiões acompanhadas pelo Cepea. Enquanto no Sul a demanda interna sustenta e/ou valoriza o cereal, no Sudeste, a necessidade de liberar armazéns pressiona as cotações. Por outro lado, na Argentina e nos Estados Unidos os preços do trigo estão em alta
  • Ler Matéria

    MILHO: Com maior oferta, cotações recuam na maioria das regiões

    19/01/2018 - 17:51
    Cepea, 22/1/2018 – A maior disponibilidade interna tem pressionado os valores do milho em muitas regiões acompanhadas pelo Cepea nos últimos dias. A queda está atrelada ao início da colheita no Sul do Brasil e aos estoques atuais, considerados altos. No Centro-Oeste, a dificuldade de colheita da soja tem prejudicado o semeio da segunda safra e, no Paraná, podem ocorrer atrasos diante do cultivo mais tardio da oleaginosa em 2017
  • Ler Matéria

    SOJA: Preocupações com clima sustentam preços

    19/01/2018 - 17:45
    As condições climáticas voltam a preocupar agentes de mercado na América do Sul, de acordo com informações do Cepea. No Rio Grande do Sul e na Argentina, é o baixo volume de chuvas que está no foco das atenções, enquanto o excesso de precipitações eleva as atenções nos demais estados do Centro-Sul do Brasil. Enquanto isso, segue firme a demanda externa pela oleaginosa brasileira e norte-americana, com registros de maiores efetivações nessa sexta-feira, 19
  • Ler Matéria

    MANDIOCA: Chuva prejudica colheita e preços sobem

    19/01/2018 - 17:13
    O ano de 2018 segue com índices pluviométricos expressivos em todas as regiões produtoras de mandioca no Centro-Sul, dificultando o avanço da colheita, conforme indicam pesquisadores do Cepea. Produtores até consideram atrativos os preços atuais e tentam realizar a atividade mesmo com solo úmido. Quanto às cotações, seguem em alta
  • Ler Matéria

    MANGA: Apesar de oscilações, valores da palmer têm forte elevação

    19/01/2018 - 17:12
    Os preços da palmer da região de Valparaíso/Mirandópolis (SP) aumentaram com força na semana passada (de 15 a 19 de janeiro), apesar de apresentarem grande variação no período, conforme dados do Hortifruti/Cepea. Contudo, a ampla oscilação não é surpresa para produtores da região, devido aos diferentes padrões de qualidaderesultado da intensa incidência de casos de bacteriose nos pomares. Os preços da variedade variaram de R$ 0,60/kg até R$ 1,50/kg, com média de R$ 1,18/kg, 53% acima do registrado na semana anterior
  • Ler Matéria

    FRANGO: Vendas das carne diminuem e afetam preço do vivo

    19/01/2018 - 09:18
    As cotações da carne de frango continuam em queda, com a demanda enfraquecida devido às férias e a maiores despesas da população, de acordo com informações do Cepea. Apesar disso, a competitividade desta proteína caiu frente às principais concorrentes, bovina e suína, porque os valores das carnes bovina (traseiro) e suína têm registrado recuos ainda mais intensos que os verificados para o frango. O desaquecimento das vendas da carne, por sua vez, reduz as compras de animais por parte de frigoríficos, resultando em quedas também no preço ao produtor e em animais mais pesados nas granjas
  • Ler Matéria

    BOI: Preço da arroba da carne supera a de boi há mais de um ano

    18/01/2018 - 17:55
    Desde dezembro de 2016 que os preços da arroba da carne bovina (carcaça casada negociada no atacado da Grande São Paulo) vêm superando os valores da arroba do boi gordo (mercado paulista), segundo dados do Cepea. Considerando-se toda a série histórica do Cepea, iniciada em 2001 para a carne, ainda que esporadicamente os preços da carcaça casada ficassem acima dos da arroba do boi, esta é a primeira vez que esse contexto perdura por mais de um anoantes de 2017, o período máximo desse deslocamento foi de apenas dois meses. De acordo com dados do Cepea, a média de preço da arroba bovina em 2017 foi de R$ 140,19 (considerando-se como base a
  • Ler Matéria

    CITROS: Com demanda enfraquecida, cotações da laranja recuam

    18/01/2018 - 17:54
    As chuvas registradas no estado de São Paulo têm impactado a procura por cítricos, cenário que pressiona os valores da laranja, conforme pesquisadores do Cepea. Além disso, a oferta de produto de menor qualidade está elevada. De 15 a 18 de janeiro, a pera teve média de R$ 19,91/cx de 40,8 kg, na árvore, recuo de 1,1% frente à semana anterior
  • Ler Matéria

    OVOS: Preço reage nesta segunda quinzena

    18/01/2018 - 17:52
    As cotações dos ovos estão em alta neste início de segunda quinzena de janeiro, influenciadas pela maior demanda, especialmente externasegundo agentes consultados pelo Cepea, as exportações teriam se aquecido nas últimas semanas. Entre 11 e 18 de janeiro, o preço da caixa de 30 dúzias do ovo tipo extra, branco, a retirar em Bastos (SP), registrou alta de 6,92%, fechando a R$ 63,67 nessa quinta-feira, 18. Quanto ao ovo tipo extra vermelho, a retirar em Bastos, o aumento foi de 7,2%, a R$ 73,06/cx no dia 18
  • Ler Matéria

    MELANCIA: Cotações caem quase 30% em uma semana no RS

    17/01/2018 - 17:55
    Os preços da melancia registraram forte queda no Rio Grande do Sul, segundo dados do Hortifruti/Cepea. Isso ocorreu devido à intensificação da colheita em Encruzilhada do Sul (somada ao volume disponível em Arroio dos Ratos) e às precipitações na região Sudeste, principal mercado consumidor. O preço médio da melancia graúda (> 12 kg) foi de R$ 0,40/kg nas duas praças gaúchas de 8 a 12 de janeiro, queda de 27,4% em relação à semana anterior
  • Ler Matéria

    BOI: Menor demanda enfraquece preços da carne

    17/01/2018 - 17:54
    As cotações da carcaça casada de boi estão enfraquecidas no mercado atacadista da Grande São Paulo, conforme dados do Cepea. Esse cenário é típico para este mês, visto que trata-se de um período em que o consumo diminui por conta das férias e das maiores despesas. No acumulado de janeiro (de 28 de dezembro a 17 de janeiro), a carcaça casada do boi (à vista) se desvalorizou 2,7%, fechando a R$ 10,10/kg nessa quarta-feira, 17
  • Ler Matéria

    SUÍNOS: Com pressão compradora e recuo de exportações, valores recuam

    17/01/2018 - 17:53
    Cepea, 18/1/2018 – Nesta segunda quinzena de janeiro, devido à menor demanda, os valores dos principais produtos suinícolas acompanhados pelo Cepea estão em queda. Na região de SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba), o preço do animal vivo recuou 4,4% de 10 a 17 de janeiro, passando a R$ 3,83/kg nessa quarta-feira, 17. A carcaça especial foi cotada a R$ 6,05/kg na Grande São Paulo ontem, recuo de expressivos 3,6% frente ao dia 10
  • Ler Matéria

    ARROZ: Com demanda enfraquecida, casca se desvaloriza

    16/01/2018 - 18:14
    O mercado de arroz em casca do Rio Grande do Sul tem apresentado lentidão, segundo indicam pesquisadores do Cepea. Apenas indústrias com necessidade de repor estoque estão presentes no mercado, dando preferência ao arroz depositado em seus armazéns. Demais beneficiadoras, incluindo as de outros estados, seguem trabalhando com estoque já adquirido
  • Ler Matéria

    ALGODÃO: Demanda eleva preço em 2,4% em uma semana

    16/01/2018 - 18:12
    Muitas indústrias têxteis retomaram as atividades depois do recesso de fim de ano, com necessidade de refazer estoques. Assim, conforme indicam pesquisadores do Cepea, essa maior demanda tem mantido as cotações do algodão em pluma em alta. De 9 a 16 de janeiro, o Indicador do algodão CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, subiu 2,38%, fechando a R$ 2,8222/lp na terça-feira, 16
  • Ler Matéria

    CAFÉ: Robusta recua mais de 8% na parcial de janeiro

    16/01/2018 - 17:44
    A maior disponibilidade no mercado brasileiro, a demanda enfraquecida e o recuo das cotações internacionais do café robusta têm pressionado os valores dessa variedade no Brasil, segundo informações do Cepea. No acumulado parcial de janeiro (até o dia 16), o Indicador CEPEA/ESALQ do robusta do tipo 6 já caiu 8,2% e fechou a R$ 326,96/saca de 60 kg nessa terça-feira. Quanto ao arábica, a perspectiva de boa produção em 2018/19 tem mantido os preços internos e externos do arábica em patamares menores na comparação com os verificados no começo de 2017
  • Ler Matéria

    MELÃO: Preço no Vale supera o do RN/CE em 2017

    16/01/2018 - 17:44
    Com a crise hídrica no Vale do São Francisco (BA/PE) no ano passado, alguns produtores de melão dessa região investiram mais em tecnologia, na tentativa de garantir a qualidade das frutas. Com isso, o melão baiano/pernambucano teve boa demanda, tanto por parte de compradores nacionais quanto de estrangeirosprodutores do Vale reportaram vendas (ainda restritas) a alguns países da América Latina, Europa e Ásia. Assim, de acordo com informações do Hortifruti/Cepea, os melões do Vale tiveram preço maior frente aos do Rio Grande do Norte/Ceará em 2017
  • Ler Matéria

    ETANOL: Demanda por hidratado segue aquecida e preço, em alta

    15/01/2018 - 17:45
    A procura das distribuidoras por etanol hidratado continua aquecida, segundo pesquisas do Cepea. Grandes volumes foram negociados em toda a região Centro-Sul, especialmente em São Paulo, Minas Gerais e Goiás. Nesse cenário, o preço do hidratado seguiu em alta na semana passada
  • Ler Matéria

    AÇÚCAR: Indicador recua fortes 5,6% em uma semana

    15/01/2018 - 17:44
    As cotações do açúcar cristal continuam em baixa no mercado paulista, conforme indicam dados do Cepea. Em apenas uma semana (de 8 a 15 de janeiro), o Indicador de Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ (Icumsa de 130 até 180) registrou queda de 5,6%, fechando a R$ 61,79/saca de 50 kgno acumulado parcial de janeiro (até o dia 15), o recuo é de 7,7%. De modo geral, pesquisadores do Cepea indicam que a liquidez melhorou nos últimos dias, o que pode indicar um retorno de compradores ao mercado
  • Ler Matéria

    TRIGO: Preços dos derivados sobem em tentativa de repasse dos custos

    15/01/2018 - 17:42
    Agentes de moinhos têm tentado repassar os maiores custos do grão para os derivados no mercado brasileiro, segundo informam pesquisadores do Cepea, devido aos aumentos nos valores internos do trigo no ano passado e à recente sustentação das cotações internacionais. Por enquanto, os ajustes de preços ainda têm sido pontuais, mas esse cenário pode se intensificar devido à possível demanda mais elevada com a volta às aulas. De acordo com informações da Conab divulgadas na quinta-feira, 11, a área de trigo colhida em 2017 foi de 1,916 milhão de hectares, 9,6% menor que a da temporada anterior e a produtividade, em 2
  • Ler Matéria

    LEITE: Preços do UHT e da muçarela têm pequeno aumento

    15/01/2018 - 17:41
    Os valores do leite UHT e do queijo muçarela registraram ligeira alta no mercado atacadista de São Paulo, segundo pesquisas do Cepea. Entre 8 e 12 de janeiro, a cotação do UHT subiu 0,79% em relação à semana anterior, com média de R$ 1,85/litro. Colaboradores do Cepea afirmam que as indústrias têm buscado estratégias para elevar os preços, com o objetivo de aquecer o mercado
  • Ler Matéria

    MILHO: Cotações registram comportamentos diferentes entre as regiões

    15/01/2018 - 10:50
    essas regiões tinham registrado elevação de preços em novembro e dezembro, aumentando os diferenciais de base e melhorando a atrat
  • Ler Matéria

    Oportunidades para o desenvolvimento do mercado de Jerked Beef no Brasil

    15/01/2018 - 10:11
    As necessidades e demandas que marcaram a história da indústria de carne seca no Brasil, a partir do século XVI, mudaram ao longo do tempo, exigindo adequação no processo de produção e variações de produtos para atender requisitos de consumo.    Originalmente, com oferta maior do que a demanda, a produção ocorria de forma a evitar desperdício. Passou, então, a ser impulsionada pela necessidade proteica por parte da população de trabalhadores das lavouras canavieiras
  • Ler Matéria

    SOJA: Com baixa liquidez, cotações recuam

    15/01/2018 - 09:52
    A liquidez interna no mercado de soja esteve reduzida nesta primeira quinzena do ano. A expectativa de aumento na demanda retraiu produtores das vendas. Compradores, por sua vez, também estiveram recuados, na espera de maior oferta, fundamentados nas recentes chuvas em grandes áreas produtoras do Brasil
  • Ler Matéria

    MANDIOCA: Procura elevada e baixa oferta impulsionam valores

    15/01/2018 - 09:43
    Os preços de mandioca voltaram a registrar altas, devido à elevada demanda industrial e à baixa ofertaas chuvas ocorridas nas regiões acompanhadas pelo Cepea dificultaram o avanço dos trabalhos de campo na semana passada. Entre 8 e 12 de janeiro, a média a prazo para a tonelada posta fecularia foi de R$ 661,86 (R$ 1,0641 por grama de amido na balança hidrostática de 5 kg), aumento de 3% frente à da semana anterior. Em valores atualizados (deflacionamento pelo IGP-DI de dezembro/17), supera em 17,4% a de igual período do ano passado
  • Ler Matéria

    MAMÃO: Menor disponibilidade impulsiona preços em 56% no RN/CE

    15/01/2018 - 09:38
    Ao contrário das outras regiões produtoras acompanhadas pelo Cepea, as cotações do mamão formosa reagiram no Rio Grande do Norte/Ceará. Segundo colaboradores do Cepea, o aumento foi resultado da menor disponibilidade da fruta na região. Com isso, a variedade foi comercializada a R$ 0,72/kg entre 8 e 12 de janeiro, alta de 56% frente à semana anterior
  • Ler Matéria

    FRANGO: Com fraca demanda, cotações seguem estáveis

    12/01/2018 - 10:04
    As cotações da carne de frango, que vinham em queda, principalmente no Sudeste, região mais voltada ao abastecimento do mercado doméstico, ficaram estáveis entre 4 e 11 de janeiro. Apesar disso, o cenário de demanda enfraquecida, segundo colaboradores do Cepea, ainda permanece. Na Grande São Paulo, o valor do frango inteiro resfriado fechou a R$ 3,50/kg nessa quinta, 11, estável (-0,1%) frente ao dia 4
  • Ler Matéria

    OVOS: Fraca procura e férias escolares pressionam valores

    12/01/2018 - 09:46
    Os preços dos ovos iniciaram 2018 em queda em todas as regiões pesquisadas pelo Cepea. Esse cenário se deve à típica demanda enfraquecida em começo de ano, reforçada pelas férias escolares. Além disso, a disponibilidade elevada do produto tem dificultado as negociações, permitindo lacunas muito amplas entre os preços ofertados em função de descontos
  • Ler Matéria

    CITROS: Preços da tahiti registram queda de 24% na semana

    12/01/2018 - 09:43
    Os preços da lima ácida tahiti estão em forte queda no mercado paulista, devido à maior disponibilidade. Segundo colaboradores do Cepea, o período de pico de safra da fruta, previsto para a segunda quinzena deste mês, deve aumentar ainda mais a oferta. Além disso, conforme colaboradores do Cepea, o recuo poderia ter sido até mais intenso, não fossem as chuvas, que interromperam as atividades de campo nos últimos dias
  • Ler Matéria

    SUÍNOS: Liquidez permanece elevada na semana

    11/01/2018 - 11:02
    Cepea, 10/1/2018 – Normalmente no início do ano, os negócios do setor suinícola são desfavorecidos, uma vez que o volume de comercialização no fim do ano geralmente é maior, devido às festas de Natal e Ano Novo. Apesar disso, colaboradores do Cepea sinalizam que a liquidez do mercado continua elevada na semana, especialmente por conta do recebimento dos salários. Na região SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba), o animal vivo se valorizou 1,3% na semana, passando de R$ 3,92/kg no dia 3 para R$ 3,97/kg na quarta-feira, 10
  • Ler Matéria

    CENOURA: Baixa oferta e excesso de chuva impulsionam preços

    11/01/2018 - 09:48
    Os preços da cenoura se elevaram na primeira semana de 2018, período que marca o início da safra de verão em São Gotardo (MG). Segundo colaboradores do Cepea, o movimento de alta nas cotações se deve à redução na oferta e às chuvas intensas durante o período de Natal e Ano Novo. O excesso de precipitações causou incidência de pintas e anomalias relacionadas às bifurcações nas raízes
  • Ler Matéria

    BOI: Com poucos negócios, preços iniciam o ano firmes

    11/01/2018 - 09:45
    As cotações do boi gordo iniciam o ano firmes. Como já esperado para este período, poucos negócios têm sido observados e a comercialização tem sido retomada aos poucos, segundo colaboradores do Cepea. O Indicador do boi gordo ESALQ/BM&FBovespa fechou a R$ 148,70 nessa quarta-feira, 10, alta de 1,22% frente à quarta anterior, 3
  • Ler Matéria

    BANANA: Baixa oferta e demanda elevada impulsionam cotação da prata

    10/01/2018 - 09:58
    Pela quarta semana consecutiva, os preços da banana prata reagiram no Norte de Minas Gerais. De acordo com colaboradores do Cepea, esse cenário se deve à baixa oferta da fruta, devido à chegada do período de entressafra, e à alta procura pela variedade, o que possibilitou maior rentabilidade aos produtores. Quanto ao volume colhido, quantidades mais significativas podem ser observadas apenas entre abril e maio
  • Ler Matéria

    ARROZ: Com baixa liquidez, Indicador registra leve queda

    10/01/2018 - 09:57
    O mercado de arroz em casca no Rio Grande do Sul apresentou baixa liquidez neste início de ano, devido ao pouco interesse de compradores em efetivar novos negócios. Parte da indústria deu preferência para o arroz depositado nos próprios armazéns, enquanto outras trabalham com o estoque já adquirido. Do lado vendedor, alguns lotes de casca foram disponibilizados, por causa da necessidade de “fazer caixa”
  • Ler Matéria

    ALGODÃO: Indicador registra o maior patamar desde junho/17

    10/01/2018 - 09:55
    Entre 2 e 9 de janeiro, o Indicador do algodão CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, subiu fortes 2,60%, fechando a R$ 2,7564 /lp nessa terça, 9. Esse é o maior diário desde junho do ano passado, em termos nominais. A elevação está atrelada à retração de boa parte dos agentes e à postura firme de vendedores
  • Ler Matéria

    CAFÉ: Negócios seguem calmos neste início de 2018

    10/01/2018 - 09:53
    Como muitos agentes consultados pelo Cepea ainda estão fora do mercado, os negócios de café seguem calmos neste início de ano. A expectativa é que grande parte dos compradores e vendedores retorne ao spot nas próximas semanas. Para o arábica, os preços seguiram em queda nessa terça, 9
  • Ler Matéria

    MAÇÃ: Produção da safra 2017/18 deve ser menor

    09/01/2018 - 09:54
    A produção de maçã da safra 2017/2018 deve ser menor que aquela da safra anterior. De acordo com colaboradores do Cepea, é esperado volume 20% a 30% inferior, devido às geadas e granizos registrados nas regiões produtores durante o período de frutificação. Além disso, outro fator que pode limitar a produtividade é a presença de pedúnculos mais curtos, que dificultam a boa fixação, ocasionando quedas das maçãs das árvores e fazendo com que as frutas tenham calibres menores
  • Ler Matéria

    ETANOL: Preço do hidratado segue em alta na primeira semana de 2018

    09/01/2018 - 09:52
    Pelo 16º período consecutivo, o preço do etanol hidratado registrou alta. Entre 2 e 5 de janeiro, o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado (estado de São Paulo) foi de R$ 1,8163/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins), elevação de 2,47% em relação à semana anterior. De acordo com colaboradores do Cepea, esse cenário se deve à demanda aquecida, mesmo com as recentes elevações de preços do etanol ao consumidor e a perda da competitividade frente à gasolina C em alguns estados brasileiros
  • Ler Matéria

    TRIGO: Com poucos agentes ativos, cotações recuam

    09/01/2018 - 09:51
    Neste início de 2018, poucos agentes consultados pelo Cepea estão ativos no mercado de trigo. Quanto ao grão, vendedores estão ausentes das negociações, preferindo vender soja e milho para que, neste período de entressafra, consigam obter cotações mais elevadas do cereal. Em relação aos derivados, a baixa liquidez do mercado está atrelada à ausência das indústrias, especialmente as de ração animal, diminuindo o interesse pelo farelo de trigo neste período
  • Ler Matéria

    AÇÚCAR: Preço do cristal inicia ano em baixa no spot paulista

    09/01/2018 - 09:50
    Os preços do açúcar cristal no mercado spot do estado de São Paulo registraram nova queda na primeira semana de 2018. A demanda, que tem sido menor desde a segunda quinzena de dezembro/17, continua baixa neste início do ano, segundo colaboradores do Cepea. Esse cenário fez com que algumas usinas cedessem nos valores pedidos
  • Ler Matéria

    MANDIOCA: Oferta continua restrita, acirrando a disputa por raiz

    08/01/2018 - 09:25
    A oferta de mandioca para a indústria deve continuar limitada no Centro-Sul do País em 2018. Para haver disponibilidade no início deste ano, as lavouras deveriam ter sido implantadas pelo menos no 2º semestre de 2016, ou logo no início de 2017período incomum de plantio. Além disso, parte das lavouras com dois ciclos já foi colhida no 2º semestre de 2017, diante dos preços atrativos, e muitos produtores também comercializaram raízes mais novas, em muitos casos com menos de um ano, para fazer caixa ou diante da possibilidade de quedas de preços em 2018
  • Ler Matéria

    MILHO: Apesar da redução de área, alto estoque pode manter pressão sobre cotações

    08/01/2018 - 09:18
    Após safra brasileira 2016/17 recorde e consequente queda nos preços internos, a área de milho da temporada 2017/18 deve ser a menor desde 1976/77. De acordo com colaboradores do Cepea, além da menor rentabilidade com a cultura na última safra, a redução de área também está atrelada ao atraso na colheita da soja em algumas regiões brasileiras. Apesar disso, o alto estoque de passagem deve manter elevada a disponibilidade interna do cereal
  • Ler Matéria

    ALFACE: Cautelosos, produtores devem manter área de verão 2017/18

    08/01/2018 - 09:13
    As perspectivas para a safra de verão 2017/18 (dezembro a junho) de alface são de manutenção de área nas regiões acompanhadas pelo Hortifruti/Cepea. Como os resultados de 2017 ficaram abaixo do esperado, muitos produtores estão descapitalizados e com restrição ao crédito, o que dificulta novos investimentos. A retração da demanda e o grande volume de descartes também deixaram produtores cautelosos quanto à expansão da cultura
  • Ler Matéria

    SOJA: Oferta segue estável, mas estoque elevado deve limitar altas

    08/01/2018 - 09:11
    A oferta de soja em grão na safra 2017/18 pode ficar muito próxima da temporada anterior, enquanto a demanda para esmagamento deve seguir firme e recordeassim como as ofertas de farelo e óleo. No agregado, a relação estoque final/consumo de soja, no entanto, pouco deve se alterar, cedendo ligeiramente em relação à safra anterior, mas ainda nos maiores patamares da história. Portanto, segundo pesquisadores do Cepea, não são esperadas grandes alterações nos preços da soja no curto e médio prazos
  • Ler Matéria

    FRANGO: Exportação será crucial para absorver excedente doméstico em 2018

    05/01/2018 - 09:57
    Cálculos do Cepea indicam que a produção brasileira de carne de frango pode crescer 3,34% em 2018 frente ao ano anterior. A demanda, por sua vez, deve aumentar menos, entre 1,32% e 1,57%, o que indica que o Brasil deve gerar excedente de carne de frango em 2018. Segundo pesquisadores do Cepea, esse cenário mostra que, novamente, o setor vai depender fortemente das exportações e reforça a necessidade de a avicultura nacional seguir cumprindo os requisitos sanitários exigidos por importantes demandantes internacionais
  • Ler Matéria

    SUÍNOS: Para escoar excedente exportável, setor precisará ampliar destinos

    05/01/2018 - 09:56
    Estudo do Cepea indica que o consumo doméstico de carne suína pode aumentar 1,63% em 2018, o que corresponde a 49,6 mil toneladas a mais frente ao estimado para 2017. Esse incremento na demanda tem como base o cenário mais conservador de crescimento do PIB previsto pelo Banco Central do Brasil (BC), de 0,62% em 2018. Já dentro da porteira, o Cepea calcula aumento de 2,38% na produção de carne suína
  • Ler Matéria

    CITROS: Disponibilidade de laranja e do suco pode ser limitada em 2018/19

    05/01/2018 - 09:55
    Após produção elevada em 2017/18, a safra 2018/19 pode ser novamente de oferta controlada no estado de São Paulo e no Triângulo Mineiro. Isso porque, com o clima desfavorável durante o “pegamento” dos chumbinhos da primeira florada (a principal), que dariam origem às frutas da próxima temporada, perdas foram relatadas em três das quatro principais regiões produtoras de citros de SP. O primeiro relatório do USDA referente à próxima safra brasileira de laranja, divulgado em dezembro, indica produção de 320 milhões de caixas de 40,8 kg em 2018/19 em SP e no Triângulo Mineiro, queda de 19% em comparaç&atil
  • Ler Matéria

    OVOS: Após recuar em 2017, exportação pode se recuperar em 2018

    05/01/2018 - 09:53
    Depois de registrar fraco ritmo no ano passado, as exportações de ovos podem se recuperar em 2018, devido à recente abertura de novos mercados internacionais. No final de 2017, a África do Sul liberou as importações de ovos in natura e processados provenientes do Brasil. No longo prazo, o aumento do número de países importadores e o maior volume produzido podem contribuir para elevar a inserção do Brasil no mercado internacional
  • Ler Matéria

    ARROZ: Com maior consumo, preços podem se recuperar em 2018

    04/01/2018 - 10:27
    Após recuarem expressivamente em 2017, os preços do arroz em casca podem se recuperar neste ano. Segundo pesquisadores do Cepea, a possível melhora da economia em 2018 e a competitividade do cereal na cesta básica podem alavancar o consumo interno, estimado pela Conab em 12 milhões de toneladas (o maior desde 2012/13), o que reduziria os estoques de passagem. O ano safra 2017/18 deve começar em mar/18 com 1,5 milhão de toneladas em estoque, e a Conab estima importações de 1 milhão de toneladas entre mar/18 e fev/19
  • Ler Matéria

    ALGODÃO: Exportação e maior consumo devem sustentar preço, mas excedente elevado pode limitar altas

    04/01/2018 - 09:44
    Os preços do algodão devem ser sustentados neste ano, visto que parte da safra 2016/17 já foi comprometida em contratos (devendo ser exportada no 1º semestre de 2018), e também devido às expectativas de recuperação do consumo nacional e de valorização do dólar frente ao Real. Segundo dados da equipe de custos agrícolas do Cepea, em Mato Grosso, a compra de insumos e a venda antecipada da pluma em 2017 (para entrega no 2º semestre de 2018) apontam que a receita total deve superar os custos em cerca de 10%. No entanto, segundo pesquisadores do Cepea, o maior volume produzido deve elevar o excedente doméstico, o que pode limitar fortes reaç
  • Ler Matéria

    BOI: Projeções para 2018 são positivas, mas ano requer cautela

    04/01/2018 - 09:27
    Após um ano turbulento, o setor pecuário inicia 2018 mais otimista, porém, bastante atento. Conforme pesquisadores do Cepea, espera-se um cenário economicamente favorável neste ano, tanto na esfera internacional como na nacional, que pode beneficiar toda a cadeia da carne bovina. No Brasil, a economia pode se recuperar, pautada na diminuição da taxa de juros, no controle da inflação, na relativa estabilidade do câmbio, na redução do índice de desemprego e na melhoria do PIB (Produto Interno Bruto)
  • Ler Matéria

    CAFÉ: Disponibilidade elevada pode pressionar cotações neste ano

    04/01/2018 - 09:15
    O clima favorável ao desenvolvimento da safra 2018/19 no Brasil e a bienalidade positiva dos cafezais devem resultar em produção semelhanteou até mesmo superiorà da temporada 2016/17, conforme pesquisadores do Cepea. Nesse cenário, os preços internos e externos do café podem ser pressionados em 2018. Quanto à safra 2017/18, ainda em andamento, apesar da menor oferta no Brasil devido à bienalidade negativa, à broca e à menor peneira dos grãos, a disponibilidade deve ser maior nos principais países produtores de arábica e robusta
  • Ler Matéria

    AÇÚCAR: Produção mundial deve crescer em 2017/18, mas segue estável no BR

    03/01/2018 - 09:46
    As projeções para a atual safra global 2017/18 indicam maior produção de açúcar, após duas temporadas consecutivas com déficit no balanço entre volume produzido e consumo mundial. Segundo colaboradores do Cepea, o aumento da produção na Índia, Tailândia e União Europeia vem fortalecendo expectativas de superávit para a próxima safra. Já no Brasil, as previsões para a safra 2018/19 do Centro-Sul, maior região produtora, apontam para uma estagnação na produção
  • Ler Matéria

    MAMÃO: Área pode diminuir novamente em 2018

    03/01/2018 - 09:44
    Com margens apertadas no acumulado de 2017, investimentos na cultura de mamão foram desestimulados. Assim, as expectativas para 2018 são de novas reduções na área plantada com a fruta nas principais regiões produtoras do Paísem 2017, a área cultivada diminuiu significativamente. Apesar das perspectivas iniciais positivas (devido aos elevados preços no ano passado), a área alocada à mamocultura teve redução de 9,7% frente à de 2016, somando apenas 12
  • Ler Matéria

    TRIGO: Disponibilidade elevada deve favorecer comprador em 2018

    03/01/2018 - 09:43
    As produções de grãos e cereais atingiram volumes recordes, pelo menos nos últimos dois anos, favorecidas pelo clima. Assim, os estoques de grãos seguem em volumes bem satisfatórios. No caso do trigo, a relação estoque/consumo está no maior nível desde a safra 1999/2000, segundo dados do USDA
  • Ler Matéria

    ETANOL: Com superávit global de açúcar, volume produzido de etanol pode aumentar no BR

    03/01/2018 - 09:42
    Projeções apontam pequeno aumento na quantidade da cana processada na região Centro-Sul brasileira no ano safra 2018/19 frente ao anterior (2017/18). A mediana da série de projeções é de 586 milhões de toneladas, pouco superior à do ano safra 2017/18. Quanto ao mix de produção da região, conforme pesquisadores do Cepea, a perspectiva é de que haja maior participação do etanol na destinação da cana-de-açúcar colhida em relação ao observado no ano safra 2017/18
  • Ler Matéria

    SOJA: Valores recuam com oferta maior que a demanda

    28/12/2017 - 15:40
    Com a maior área cultivada com soja na temporada 2017 no Brasil e nos Estados Unidos, os preços da oleaginosa recuaram no mercado doméstico em 2017, de acordo com pesquisas do Cepea. Além da maior oferta, os valores nacionais foram pressionados pela desvalorização do dólar frente ao Real, que reduz o recebimento do produtor. O Indicador da soja ESALQ/BM&FBovespa Paranaguá teve média de R$ 71,29/saca de 60 kg em 2017 (até o dia 27 de dezembro), 13,2% abaixo da de 2016, em termos reais (IGP-DI de novembro/17)
  • Ler Matéria

    MILHO: Com produção recorde, valores caem no Brasil

    28/12/2017 - 15:39
    Os preços de milho recuaram com força no mercado doméstico, devido à produção recorde do cereal no Brasil e no mundo, segundo pesquisas do Cepea. A produção total de milho na safra 2016/17 foi de 97,84 milhões de toneladas, a maior da história e 47% superior à temporada anterior, segundo a Conab. No balanço do ano, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa caiu 12,2%, com a saca de 60 quilos a R$ 33,53 no dia 26
  • Ler Matéria

    CITROS: Mesmo com maior produção na safra 2017/18, preço se sustenta

    28/12/2017 - 15:38
    As cotações da laranja paulista nos segmentos industrial e in natura se mantiveram em patamares firmes em 2017, apesar do aumento da produção da temporada 2017/18. Pesquisadores do Cepea afirmam que este cenário está atrelado à maior demanda industrial. Em dezembro, o Fundecitrus divulgou estimativa que aponta que a produção 2017/18 deve totalizar 385,2 milhões de caixas, 57% superior ao volume da temporada 2016/17
  • Ler Matéria

    FRANGO: Maior oferta pressiona valores em 2017

    28/12/2017 - 15:36
    A maior oferta da carne de frango no mercado interno em 2017 pressionou os valores, de acordo com levantamentos do Cepea. A disponibilidade elevada foi resultado da maior produção brasileira, enquanto o volume exportado foi menor. Segundo a estimativa da ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), a produção de carne de frango em 2017 deve ficar 1,2% acima da de 2016, a 13,05 milhões de toneladas
  • Ler Matéria

    Trades surprise in 2017

    24/01/2018 - 09:31
    Unlike expectations, 2017 was positive for international trades in Brazil and in the international scenario. In the first months of the year, trust was in crisis in the international trades, specifically due to the protectionist policy in the United States and in some European countries. The Brexit in the United Kingdom, Donald Trump’s election in the United States as well as the revival of extreme right in France, Germany and Austria pointed to the need to promote economic and social integration by leaderships
  • Ler Matéria

    Opportunities for the development of jerked beef market in Brazil

    15/01/2018 - 10:18
    Demands and needs that have marked the history of the dried meat industry in Brazil since the 16th century have changed over time, requiring suitability of the production process and product variations to meet consumption requirements.   Originally, due to higher supply compared to the demand, the production avoided product waste. Then, the need for protein intake of workers in sugarcane crops started to boost dried meat production
  • Ler Matéria

    This year looks brighter, but challenges remain

    12/01/2018 - 09:53
    CATTLEAfter a turbulent year, the Brazilian cattle sector started 2018 more optimistic, but still careful. In general, a more favorable economic scenario is expected for both the international and domestic markets this year, which may favor the entire beef chain. For the global market, estimates point to good economic growth in many countries, which may lead to fewer trade barriers, widening commercial possibilities or even developing new ones for the Brazilian beef, keeping the upward trend of exportations
  • Ler Matéria

    Good competitiveness attracts growers; area should increase in 2018

    12/01/2018 - 09:50
    Among temporary crops, cotton has been one of the most attractive to Brazilian growers. However, to start growing cotton, producers need specific assets, as well as technical knowledge regarding production and trades, leading growers with idle capacity to take better advantages of the ratio revenue/costs.   Cepea data shows that in Mato Grosso, inputs purchases and anticipated cotton sales in 2017 (for delivery in the second semester of 2018) point to revenue 10% higher than costs
  • Ler Matéria

    Higher production in 2018/19 may press down quotes in 2018

    12/01/2018 - 09:49
    Favorable weather to the development of the 2018/19 crop in Brazil and the positive biennial cycle of coffee crops should result in an output similar or even larger than that in the 2016/17 season. In this scenario, domestic and international coffee prices may drop in 2018.   As for the 2017/18 crop, despite lower supply in Brazil, due to the negative biennial cycle, coffee berry borer and smaller screen, availability should be higher in the main arabica and robusta producing countries
  • Ler Matéria

    Orange and juice availability may be limited in 2018/19

    12/01/2018 - 09:48
    After the large output in 2017/18, supply may be limited again in the 2018/19 season in São Paulo State and Triângulo Mineiro. With unfavorable weather during the fruitlet settlement in the first flowering event (the main event), which would become fruits in the next season, losses were observed in three of the four main citrus producing regions in São Paulo.   Northern and central SP should be the most affected, followed by the eastern region of the state
  • Ler Matéria

    Supply is stable, but high inventories should limit price oscillations

    12/01/2018 - 09:45
    Soybean supply in the 2017/18 crop may be very similar to that in the previous season, while demand for crushing should continue firm and a record, as soybean meal and oil supply. Trades of soybean and its by-products should hit records as well. The ratio ending stocks/consumption, however, should not change much, decreasing slightly against the previous crop, to 32
  • Ler Matéria

    Large stocks should keep pressing down quotes, despite smaller area

    12/01/2018 - 09:41
    After the record 2016/17 Brazilian crop and the consequent domestic price drops, the corn area in the 2017/18 season should be the smallest since 1976/77. Besides lower revenue in the last season, area decreases are also linked to the delay of soybean harvest in some Brazilian regions. Still, high ending stocks should keep the domestic corn availability high
  • Ler Matéria

    Purchasers in 2018 may be favored by high availability

    12/01/2018 - 09:40
    Favored by the weather, grains and wheat production reached record volumes, at least in the last two years. Thus, inventories are high. As for wheat, the ratio inventory/consumption is at the highest level since the 1999/2000 season, according to USDA data
  • Ler Matéria

    Larger output in the 2017/18 season may reverse the global deficit scenario

    12/01/2018 - 09:36
    After two consecutive seasons when production was lower than consumption worldwide, forecasts for the current 2017/18 global sugar crop indicate this scenario should change. Higher production in India, Thailand and the European Union have increased expectations for a sugar surplus in the next season. The International Sugar Organization estimates the surplus to surpass 4 million tons, while the USDA forecast it to surpass 10 million tons
  • Ler Matéria

    Higher sugar supply worldwide should favor ethanol production in BR

    12/01/2018 - 09:35
    The volume of sugar cane crushed in central-southern Brazil in the 2018/19 year-crop is forecast to increase, with averages estimated at 586 million tons, slightly higher than in the 2017/18 year-crop.   As for the production mix in the same region, ethanol production is estimated to increase compared to the 2017/18 year-crop, since the Brazilian economy should start to bounce back and ethanol consumption increase, in addition to higher liquidity of ethanol to plants and low levels of international sugar prices.   According to the International Sugar Organization,
  • Ler Matéria

    Price paid to growers stabilizes at the end of the year

    03/01/2018 - 11:57
    For the second consecutive month, milk prices received by producers continued stable in Brazil, considering the “Brazil average” (MG, RS, SP, PR, GO, BA and SC, without freight and taxes), according to Cepea databetween July and October 2017, quotes dropped. The net price paid to growers in December for the milk delivered in November averaged 1.0006 BRL per liter (without freight and taxes), a slight 0
  • Ler Matéria

    In a difficult year, beef exportations surprise

    03/01/2018 - 11:56
    CATTLEEvents referring to agroindustrial beef chain in Brazil and difficulties faced by the sector affected fed cattle and beef quotes in 2017. The operation “Weak Flesh”, the plea bargain agreements of the major slaughterhouse in Brazil (which led this major player to reduce significantly animal purchases), and the return of Funrural (Rural Workers' Assistance Fund) discount affected trades of fed cattle raisers in the first half of the year. In this scenario, values of the animals, beef and calf dropped most part of 2017, with a small recovery in the last four months of the year
  • Ler Matéria

    With a record supply, values decrease in 2017

    03/01/2018 - 11:56
    In 2017, corn production hit an all-time record in Brazil and in the world, dropping quotes sharply in the domestic market, increasing competitiveness of the Brazilian product and boosting exportations. In global terms, supply increase did not bolster international transactions, which increased inventories and pressed down values.   The 2016/17 summer crop production totaled 30
  • Ler Matéria

    Soybean quotes are the lowest in six years

    03/01/2018 - 11:55
    The soybean planted area in the 2017 season was larger in Brazil and in the United States. Yield was above average in both countries. Moreover, the crop was large in Argentina and the final stock/consumption relation hit a record
  • Ler Matéria

    Values in 2017 remain below levels of previous years

    03/01/2018 - 11:54
    Wheat quotes were relatively firm in 2017, but remained at lower levels registered in previous years. From the second semester last year and the first in 2017, the Brazilian production was a record and importations were high, resulting in the highest ending stocks in eight years, which favored consumers.   In 2016, the domestic production totaled 6
  • Ler Matéria

    Good crop development in BR and international price drops press down quotes

    03/01/2018 - 11:53
    In the partial of the 2017/18 season (from April to December/17), crystal sugar quotes traded in the spot market of São Paulo State were below those practiced in 2016, year that the CEPEA/ESALQ Index for crystal sugar, Icumsa color between 130 and 180 (São Paulo State), reached high levels. Taking into account monthly values from April to December/17, the CEPEA/ESALQ Index averaged 64.82 BRL per 50-kilo bag, 25
  • Ler Matéria

    Average price in the 2017/18 crop is 8.5% lower than in 2016/17

    03/01/2018 - 11:53
    In spite of the significant demand for biofuels, which resulted in price rises in late 2017, averages of anhydrous and hydrous ethanol in the accumulated of the 2017/18 season (from April to December) in São Paulo State are still below those registered in the same period last crop.   In the partial of the 2017/18 season, the CEPEA/ESALQ Index for hydrous ethanol in São Paulo State averaged 1.4825 BRL per liter, against 1
  • Ler Matéria

    2017/18 output is higher, but demand from the industry underpins values

    03/01/2018 - 11:52
    Although production in the current crop (2017/18) has increased, orange prices in São Paulo kept at firm levels in 2017 in the industry and in natura segments, underpinned by higher demand from citrus processors.   An estimate released by Fundecitrus (Citrus Defense Fund) in December indicated that the 2017/18 production might total 385.2 million boxes, 57% higher compared to the 2016/17 season (one of the smallest productions in all times) and possibly the highest supply since 2012/13
  • Ler Matéria

    Exportations underpin domestic prices

    03/01/2018 - 11:51
    Firm cotton exportations in 2017 balanced supply and demand in the Brazilian market, mainly in the second semester, limiting the drops of average prices, since production in the 2016/17 Brazilian crop was higher. Besides, the decrease in the ratio between inventories and global consumption pushed up international values along the year. Thus, even before the harvesting beginning, sellers closed several contracts for domestic delivery as well as for exportation
  • Ler Matéria

    Arabica and robusta quotes drop sharply in Brazil

    03/01/2018 - 11:50
    The year of 2017 was characterized by the significant and continuous drops of arabica and robusta coffee values in Brazil. Despite the lower production in the 2017/18 season, due to the negative biennial cycle, arabica prices were pressed down by international decreases, mainly in the first months of the year. In the second semester, comfortable inventories in consuming countries and good expectations for the next crop in Brazil (2018/19) pressed down quotes in both the domestic and international markets for arabica

Sem Título...

Sem Data...
Sem Conteúdo...
Não conectado - [ Login ou Cadastro ]